26 janeiro 2017

Elefante-marinho 'Fred' é recolhido de praia no ES para tratamento

Animal reapareceu em praia de São Mateus no último domingo (22).Recolhimento foi necessário, pois bicho está debilitado e perdeu muito peso.


Victoria Varejão | G1 ES

O elefante-marinho 'Fred' foi recolhido da praia de Campo Grande, em São Mateus, Norte do Espírito Santo, na tarde desta quarta-feira (25), para receber tratamento.


'Fred' é recolhido de praia em São Mateus (Foto: Divulgação/ Sesp)
'Fred' é recolhido de praia em São Mateus (Foto: Divulgação/ Sesp)

Segundo o veterinário Luciano Reis, do Instituto de Mamíferos Aquáticos (IMA), o recolhimento foi necessário, já que 'Fred' está muito debilitado e perdeu muito peso.

O trabalho foi feito por policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental e do Batalhão de Regimento de Polícia Montada, em conjunto com o IMA; Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (IPRAM); Projeto Baleia Jubarte; agentes do IEMA; agentes do IBAMA; e agentes da SCITECH.

O elefante-marinho Fred reapareceu no estado no domingo (22) e, desde que chegou à praia, o animal começou a ser monitorado por pesquisadores do Instituto Baleia Jubarte, do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos, e de uma empresa privada.

Para ser recolhido, o animal foi sedado e foi feita uma barreira com tapumes para que ele não entrasse no mar. Já anestesiado, as equipes recolheram amostras de sangue e material genético, hidrataram o animal com soro, monitoraram os batimentos cardíacos, e inseriram um chip.

Em seguida o elefante-marinho foi enrolado em uma lona, e um trator com pá carregadeira o levou até o caminhão do Regimento de Polícia Montada.

O animal foi transportado pelo caminhão da cavalaria da PM-ES para a sede da SCITECH, onde vai ser cuidado e monitorado por veterinários e biólogos. No local, ele vai receber cerca de 30 quilos de peixes por dia. A veterinária Larissa Pavanelli estima que a reabilitação dele pode levar cerca de um mês.



Postar um comentário