16 agosto 2016

Mais quatro cidades do RN entram em rodízio de abastecimento de água

Espírito Santo, Passagem, Santo Antônio e Várzea foram incluídas.
Baixa no Riacho do Salto e Riacho da Una é o motivo para redução.


Do G1 RN


Quatro cidades do Rio Grande do Norte entraram em rodízio de abastecimento nesta terça-feira (16). Segundo a Companhia de Águas e Esgotos do estado (Caern), os municípios de Espírito Santo, Passagem, Santo Antônio e Várzea vão ter abastecimento reduzido.


Na região Oeste potiguar, a ‘seca verde’ apresenta contrastes. De um lado, a robusta e exuberante vegetação da caatinga; do outro, a terra árida e cinzenta em meio ao leito seco dos rios  (Foto: Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1)
Este já é o quinto ano consecutivo de estiagem no RN (Foto: Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1)

Segundo a Caern, a baixa nos níveis de água dos mananciais Riacho do Salto e Riacho da Una, que junto aos riachos do Timbó e de Pedras compõem o Sistema Integrado de Espírito Santo, reduziu a oferta hídrica para a região. Antes da redução, eram fornecidos 320 m³/h de água, agora a queda na vazão, a oferta está em 200 m³/h.

Com a redução, a Caern informou que Espírito Santo terá água nas torneiras em todas as terças, entre 5h e 17h. Enquanto isso, as cidades de Passagem, Santo Antônio e Várzea terão água a partir das 17h, com fornecimento durante 36h. Em seguida, os registros serão abertos novamente para a cidade de Espírito Santo, durante 12 horas.

A Caern afirmou que está trabalhando para minimizar os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem severa no estado. O rodízio é uma das alternativas para prolongar o uso da água disponível.

Atualmente, a seca afeta 153 dos 167 municípios potiguares. Destes, 14 estão em colapso (quando o companhia de água admite que não há como continuar a abastecer os moradores) e 79 desenvolveram sistemas de rodízio para o abastecimento da população.

Cidades em colapso: 


1. Almino Afonso, 
2. Antônio Martins, 
3. Francisco Dantas, 
4. Frutuoso Gomes, 
5. João Dias, 
6. Luiz Gomes, 
7. Marcelino Vieira, 
8. Martins, 
9. Paraná, 
10. Pilões, 
11. Rafael Fernandes, 
12. São Miguel, 
13. Serrinha dos Pintos e 
14. Tenente Ananias.

Cidades em rodízio:


1. Acari, 

2. Afonso Bezerra,
3. Água Nova, 
4. Alto do Rodrigues, 
5. Angicos, 
6. Assu, 
7. Barcelona, 
8. Bodó, 
9. Caiçara de Rio do Vento, 
10. Caicó, 
11. Campo Grande, 
12. Carnaúba dos Dantas, 
13. Carnaubais, 
14. Cerro Corá, 
15. Coronel João Pessoa,
16. Cruzeta,
17. Currais Novos,
18. Doutor Severiano,
19. Encanto,
20. Equador, 
21. Espírito Santo, 
22. Fernando Pedrosa, 
23. Florânia, 
24. Guamaré, 
25. Ielmo Marinho,
26. Ipanguaçu,
27. Ipueira,
28. Itaú,
29. Janduís,
30. Jardim de Angicos,
31. Jardim de Piranhas,
32. Jardim do Seridó,
33. José da Penha,
34. Jucurutu,
35. Lagoa de Velhos,
36. Lagoa Nova,
37. Lajes,
38. Lucrécia,
39. Macau,
40. Messias Targino, 
41. Olho D’Água do Borges,
42. Ouro Branco,
43. Paraú,
44. Parelhas,
45. Passagem,
46. Patu,
47. Pau dos Ferros,
48. Pedra Preta,
49. Pedro Avelino,
50. Pendências, 
51. Portalegre,
52. Rafael Godeiro,
53. Riacho da Cruz,
54. Riacho de Santana,
55. Riachuelo,
56. Rodolfo Fernandes,
57. Ruy Barbosa,
58. Santa Maria,
59. Santana do Matos,
60. Santana do Seridó,
61. Santo Antônio,
62. São Fernando,
63. São francisco do Oeste, 
64. São João do Sabugi,
65. São José do Seridó, 
66. São Paulo do Potengi, 
67. São Pedro, 
68. São Rafael, 
69. São Tomé, 
70. São Vicente,
71. Severiano Melo,
72. Taboleiro Grande,
73. Tenente Laurentino,
74. Timbaúba dos Batistas,
75. Triunfo Potiguar,
76. Umarizal,
77. Várzea,
78. Venha-Ver e 
79. Viçosa.