17 agosto 2014

Desconhecidos provocam fuga de pacientes com ebola na Libéria

Um grupo de homens armados atacou na capital liberiana, Monróvia, um centro de quarentena em que se encontram internadas pessoas infectadas com o vírus ebola.


Voz da Rússia

De acordo com a agência France-Presse, todos os pacientes do centro ficaram em liberdade.

Conforme relatos de testemunhas, na noite de 16 de agosto, sujeitos armados quebraram as portas do centro de quarentena, armando um quebra-quebra no território da instituição e provocando a fuga de 29 pacientes.

A febre hemorrágica ebola é uma doença mortal, cuja disseminação é possível através do contato direto desprotegido com o sangue ou secreções da pessoa infectada, assim como em resultado de contato com objetos infectados por uma pessoa doente.


Postar um comentário