Ooho, o recipiente comestível para armazenar água

Procedimento de esterificação feito com algas e cloreto de sódio questiona indústria de garrafinhas



eCycle

E se as garrafas plásticas simplesmente sumissem depois que você bebesse a água contida nelas? É mais ou menos essa a ideia por trás do projeto vencedor do concurso Lexus Design 2014, a "garrafa" Ooho.

Desenvolvida pelos estudantes de design Rodrigo Garcia Gonzalez, Pierre Paslier e Guillaume Couche, ela é uma espécie de bolha feita com algas e cloreto de sódio, por meio de um processo chamado de esterificação. O resultado é uma membrana gelatinosa que consegue reter a água em seu interior e é biodegradável, podendo ser ingerida, compostada ou destinada ao lixo comum (por ser biodegradável), após o uso.

Muito frágil? Pouco higiênica? Pode ser, mas o simples questionamento sobre a imensa quantidade de garrafinhas plásticas produzidas diariamente já é válido. Ah, e ela pode até ser feita em casa. Confira o vídeo abaixo:





Postar um comentário

Postagens mais visitadas