Hidrovia Tietê-Paraná terá tráfego paralisado por causa da estiagem

Medida será tomada pelo Departamento Hidroviário do Estado de SP.
Profundidade do leito em alguns pontos é de apenas um metro.


Do G1 Rio Preto e Araçatuba

A hidrovia Tietê-Paraná, um dos principais corredores de escoamento do que é produzido em todo o centro-sul do país e que passa pela região de Araçatuba (SP), terá o tráfego de barcaças totalmente paralisado a partir da meia-noite deste sábado (31). A medida será tomada pelo Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo porque a profundidade do leito em alguns pontos é de apenas um metro, o que pode fazer com que as barcaças fiquem encalhadas.

O motivo da baixa profundidade é a falta de chuva na região noroeste paulista. Com a paralisação, as cargas de soja serão levadas até o porto de Santos (SP) por rodovias. Por enquanto, não há previsão para que o tráfego volte ao normal na hidrovia.

No começo do mês, o departamento já tinha emitido um comunicado a todas as empresas que fazem o transporte pela hidrovia proibindo que os comboios naveguem com mais de 2,29 metros de calado, que é a parte da embarcação que fica submersa.

Barcaça passa pelo rio Tietê: situação complicada por causa da estiagem (Foto: Reprodução/TV TEM)Barcaça passa pelo rio Tietê: situação complicada por causa da estiagem (Foto: Reprodução/TV TEM)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas