Seis operários de Fukushima são expostos a radiação

Trabalhador retirou por engano tubo do sistema de tratamento de água radioativa

O Globo
(com agências internacionais)

TÓQUIO - Seis trabalhadores da central nuclear de Fukushima, no Japão, foram expostos a um vazamento de toneladas de água radioativa depois que um deles retirou por engano um tubo do sistema de tratamento do líquido que se acumula nos tanques de armazenamento, informou nesta quarta-feira a Tokyo Electric Power Co (Tepco), que administra a usina.

- Várias toneladas de água vazaram na unidade de tratamento, mas foram contidas dentro do local - disse um porta-voz da Tepco.

Apesar da empresa garantir que o líquido foi contido, um cálculo da agência Reuters - com base nos últimos dados divulgados pela Tepco - afirma que ao menos sete toneladas de água altamente radioativa podem ter vazado na instalação.

A Tepco tem lutado para conter a água radioativa na usina, que sofreu colapsos e explosões de hidrogênio em março 2011, durante o terremoto seguido por tsunami que atingiu Fukushima.

A empresa tem sido criticada pela agência nuclear reguladora do Japão pela forma como tem lidado com problemas técnicos. Na segunda, a Tepco disse que um operário acidentalmente desligou as bombas que injetam água para resfriar os reatores danificados. Um sistema de backup foi acionado imediatamente, mas o incidente mostra o estado ainda precário da usina.

Na semana passada, 430 litros de água contaminada vazaram de um tanque de armazenamento de Fukushima e, provavelmente, correram para o oceano.


-->
Postar um comentário

Postagens mais visitadas